sábado, 7 de janeiro de 2017

De onde vem a energia?

Que tal pesquisar um pouco? De onde vem a energia? Wilton Araujo* produziu esse video instigando a  garotada a pesquisar um pouco sobre a energia elétrica e após assistirem esse video acho legal assitirem também o Hulha-branca.

De onde vem a energia?
https://youtu.be/2soN08dauq4
Um filme sem fins lucrativos e educativo para as crianças com texto adaptado da TV Escola elaborado por Jorge Nascimento, com a direção e produção de Wilton Araújo. O filme conta com os atores mirins Lui e Luma Magliano e o ator Victor Soares (Mister Byte). Publicado em 11 de mai de 2013


Hulha-branca
https://youtu.be/b-GneFxON0k
A trajetória e a luta do industrial Bernardo Mascarenhas, pioneiro na indústria têxtil no estado de Minas Gerais, que com coragem e determinação, usando de sua astúcia e inteligência, promoveu o mais belo dos espetáculos, a "luz"!, que com a extração da energia das cataratas de Marmelos tornou-se a primeira iluminação pública hidroelétrica da América do Sul em 05 de setembro de 1889.
Direção, produção e roteiro: Wilton Araújo. Publicado em 11 de mai de 2013

* Vocês podem conhecer outras produções do Wilton Araujo no blog:
http://wawiltonaraujo.blogspot.com.br/

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Faça o download das HQs - projeto Bernardo Mascarenhas, um homem várias histórias, da Cedro e Cachoeira até os dias de hoje

DOWNLOAD FREE das histórias do projeto no site http://www.rosevalverde.art.br
HQ - Bernardo Mascarenhas, um homem várias histórias, da Cedro e Cachoeira até os dias de hoje.

História em Quadrinhos - Lançado em dezembro de 2011 esse projeto de HQ tem várias histórias:

1 – História de Bernardo Mascarenhas;
2 – A passagem secreta – essa história passa-se no CEM (Centro de Educação de jovens e Adultos) PJF – MG
3 - O início do CCBM (Centro Cultural Bernardo Mascarenhas) – relato da criação do CCBM e a participação dos artistas e comunidade na preservação do espaço.
4 – Apenas nos preservando – um questionamento sobre o vandalismo e a preservação de patrimônio artístico e cultural em JF.
5 - Os braços de Juiz de Fora – um exemplo de preconceito racial e reconquista da auto estima de uma menina negra em JF.

. Apresentação do projeto em power point com informações e resumos das histórias.

. Arquivo em PDF da Apostila de auxílio e pesquisa para aplicação do projeto em sala de aula. 

DOWNLOAD GRATUITO - Basta baixar e imprimir.

Faça o download e boas histórias!
Atenciosamente,
Rose Valverde


sábado, 5 de março de 2016

Nossa fonte de inspiração - Espaço Mascarenhas

Quando fomos escolher a imagem para a capa da história em quadrinhos "Bernardo Mascarenhas, um homem várias histórias, da Cedro e cachoeira até os dias de hoje" ficamos um tempão procurando uma foto que fosse marcante e que pudessemos colocar como referência no início da história. Depois de tantos anos tirei uma foto em JF que é muito parecida com a que escolhemos para o desenho...



nossa cena criada para a HQ


Como eu gostaria que essa história fosse impressa e pudesse fazer parte da biblioteca das escolas de Juiz de Fora...



domingo, 4 de outubro de 2015

126 Anos de Luz graças ao empreendedorismo de Bernardo

126 Anos de Luz - A primeira iluminação pública hidroelétrica da América do Sul em 05 de setembro de 1889.


A exposição Caixas com Memórias de Rose Valverde que acontecerá de 9 a 11 de outubro reune várias aquarelas com imagens de Juiz de Fora. 


"Em mais uma homenagem a esse personagem da história da cidade vou mostrar algumas aquarelas e essa paisagem da Usina de Marmelos, construída pelo Bernardo Mascarenhas."
Rose Valverde



sábado, 13 de junho de 2015

E quem cantava partiu...

Partiu Fernando Brant!

Alguém que através da música 
FEZ PARTE DOS MOMENTOS MAIS IMPORTANTES 
DA MINHA VIDA.

FERNANDO BRANDT sempre me fez lembrar que:

Amigo é coisa pra se guardar
Debaixo de sete chaves

Dentro do coração 

Também dizia que:

Não precisa medo não
Não precisa da timidez
Todo o dia é dia de viver

Também me fez entender que:

O medo de amar é o medo de ser 
De a todo momento escolher 
Com acerto e decisão a melhor direção

Vi que para amar devemos amadurecer, pois:

Saboroso é o amor, fruta boa 
Coração é o quintal da pessoa 
É gostoso o nosso amor 
Renovado é o nosso amor 
Saboroso é o amor madurado de carinho

Me dizia também que eu era:

Uma mulher que merece viver e amar 
Como outra qualquer do planeta

 E, me fazia lembrar sempre que:

É preciso ter força, é preciso ter raça 
É preciso ter gana sempre

Mas é preciso ter manha, é preciso ter graça 
É preciso ter sonho sempre

pois,...

Quem traz na pele essa marca 
Possui a estranha mania de ter fé na vida

E agora eu vejo que...

Maria Fumaça, não canta mais
Na praça vazia, um grito um ai

... sentinela sou
Do corpo desse meu irmão que já se foi

Revejo nessa hora tudo que aprendi
Memória não morrerá


E, realmente não morrerá jamais!

Rose Valverde - 13 jun 2015